Episoder

  • José Filemom Marques visita os lugares onde haviam trabalhado, vivido e festejado ingleses, alemães e americanos. Imaginou-os telegrafando juntos na sala de operações da Trinity House, a grande casa rectangular onde se recebiam e emitiam as mensagens dos cabos submarinos, e perguntou-se se teriam vivido assim tão à parte do mundo ou, pelo contrário, teriam criado um mundo só para eles.
    No fim, voltou à fotografia do rapaz jogando ténis, vestido com um fato branco de flanela e uma mulher de traços orientais a observá-lo. Talvez ainda não soubesse quem fora Hansi Abke, mas estava certo de que aquele era Royston Groves, ou R., o filho de Mr. e Mrs. G., um engenheiro de Bristol e a sua jovem mulher de origem birmanesa, budista de religião e famosa pela habilidade com que tocava o teremim...

    Narração: Joel Neto
    Apoio: Cultura Editora
    Música: Luís Gil Bettencourt
    Coordenação técnica: António Fonseca Tavares
    Locução de continuidade: Catarina Ferreira de Almeida

    MERIDIANO 28: O PODER REDENTOR DAS GRANDES HISTÓRIAS

    * A audição deste podcast proporciona-lhe um desconto de 20% em qualquer livro com chancela Cultura Editora. Vá a www.culturaeditora.pt e digite o código promocional Meridiano28

    «Nos 75 anos da libertação da Europa e do fim da II Guerra Mundial, Joel Neto oferece aos leitores a leitura integral de Meridiano 28, a história da pequena cidade no meio do Atlântico onde ingleses e alemães viveram em paz até quase ao fim da guerra.
    Mas, e se um agente nazi se escondesse nessa ilha após a derrota de Hitler?
    Um capítulo por semana, num podcast de acesso livre e com narração do próprio escritor. A música é de Luís Gil Bettencourt, a coordenação técnica de António Fonseca Tavares e a locução de continuidade de Catarina Ferreira de Almeida.»

    -> Para mais informações sobre Meridiano 28 ou sobre o percurso do autor, consulte o site oficial em www.joelneto.com.

  • José Filemom Marques vagueia pelo Faial em busca de sinais da pré-história do tio. Vai da Horta às paisagens mais monumentais da ilha e destas à aridez do vulcão de que Hansi Abke guardara fotografias – sempre com a ilha do Pico em frente, velando pela sua viagem.
    Descobre efectivamente alguma informação sobre Hansi, mesmo se em nenhum momento consegue visualizar ali o velho que conheceu e acabou de o criar. Inteira-se sobre as origens dos pais deste, até sobre um certo padre Bulcão adentrado, a certa altura, na sua vida.
    Mas talvez a mais importante de todas as informações recolhidas seja, afinal, sobre ele próprio, José Filemom...

    Narração: Joel Neto
    Apoio: Cultura Editora
    Música: Luís Gil Bettencourt
    Coordenação técnica: António Fonseca Tavares
    Locução de continuidade: Catarina Ferreira de Almeida

    MERIDIANO 28: O PODER REDENTOR DAS GRANDES HISTÓRIAS

    * A audição deste podcast proporciona-lhe um desconto de 20% em qualquer livro com chancela Cultura Editora. Vá a www.culturaeditora.pt e digite o código promocional Meridiano28

    «Nos 75 anos da libertação da Europa e do fim da II Guerra Mundial, Joel Neto oferece aos leitores a leitura integral de Meridiano 28, a história da pequena cidade no meio do Atlântico onde ingleses e alemães viveram em paz até quase ao fim da guerra.
    Mas, e se um agente nazi se escondesse nessa ilha após a derrota de Hitler?
    Um capítulo por semana, num podcast de acesso livre e com narração do próprio escritor. A música é de Luís Gil Bettencourt, a coordenação técnica de António Fonseca Tavares e a locução de continuidade de Catarina Ferreira de Almeida.»

    -> Para mais informações sobre Meridiano 28 ou sobre o percurso do autor, consulte o site oficial em www.joelneto.com.

  • Manglende episoder?

    Klik her for at forny feed.

  • José Filemom Marques dedica o seu primeiro dia no Faial a reconhecer a cidade da Horta. No fim, vai jantar ao Peter Café Sport, porto de abrigo e posta-restante, mais White Horse Tavern – sugeriam as fotografias nas revistas de viagem – do que El Floridita.
    É aí que faz um amigo, o jovem culturista Carlos Ponta-Garça (ou, mais simplesmente, Fernando), e um inesperado companheiro nocturno, a que na cidade tão o nome de Ti Quentinho. E é aí também que conhece Lady Angus, a lavradora de acessórios cor-de-rosa que, de repente, lhe parece a a criatura mais irresistível que alguma vez encontrou...

    Narração: Joel Neto
    Apoio: Cultura Editora
    Música: Luís Gil Bettencourt
    Coordenação técnica: António Fonseca Tavares
    Locução de continuidade: Catarina Ferreira de Almeida

    MERIDIANO 28: O PODER REDENTOR DAS GRANDES HISTÓRIAS

    * A audição deste podcast proporciona-lhe um desconto de 20% em qualquer livro com chancela Cultura Editora. Vá a www.culturaeditora.pt e digite o código promocional Meridiano28

    «Nos 75 anos da libertação da Europa e do fim da II Guerra Mundial, Joel Neto oferece aos leitores a leitura integral de Meridiano 28, a história da pequena cidade no meio do Atlântico onde ingleses e alemães viveram em paz até quase ao fim da guerra.
    Mas, e se um agente nazi se escondesse nessa ilha após a derrota de Hitler?
    Um capítulo por semana, num podcast de acesso livre e com narração do próprio escritor. A música é de Luís Gil Bettencourt, a coordenação técnica de António Fonseca Tavares e a locução de continuidade de Catarina Ferreira de Almeida.»

    -> Para mais informações sobre Meridiano 28 ou sobre o percurso do autor, consulte o site oficial em www.joelneto.com.

  • José Filemom Marques viaja para o Faial, que o recebe com um sol tão benigno como extemporâneo e, no entanto, dali a pouco o mergulha numa névoa, incapaz de descortinar um palmo à frente do nariz.
    Passara os últimos dias a circular pelas livrarias de Lisboa, à espera do voo que uma frente fria adiava sucessivamente e de sinais da existência desse outro Hansi Abke que nunca conhecera: o rapaz nascido numa ilha, onde crescera com aspirações a cientista e só mais tarde se tornara no velho sombrio e triste com que Filemom passara a adolescência.
    Recolheu textos de Brandão e Nemésio e João de Melo. Descobriu sobre o papel do Faial na história da aviação, e também na das comunicações telegráficas. Mas talvez só ao chegar à Horta, a cidade que entardece à sombra, tenha começado a sentir-se realmente no encalço de uma pista sobre a índole mais funda do tio...

    Narração: Joel Neto
    Apoio: Cultura Editora
    Música: Luís Gil Bettencourt
    Coordenação técnica: António Fonseca Tavares
    Locução de continuidade: Catarina Ferreira de Almeida

    MERIDIANO 28: O PODER REDENTOR DAS GRANDES HISTÓRIAS

    * A audição deste podcast proporciona-lhe um desconto de 20% em qualquer livro com chancela Cultura Editora. Vá a www.culturaeditora.pt e digite o código promocional Meridiano28

    «Nos 75 anos da libertação da Europa e do fim da II Guerra Mundial, Joel Neto oferece aos leitores a leitura integral de Meridiano 28, a história da pequena cidade no meio do Atlântico onde ingleses e alemães viveram em paz até quase ao fim da guerra.
    Mas, e se um agente nazi se escondesse nessa ilha após a derrota de Hitler?
    Um capítulo por semana, num podcast de acesso livre e com narração do próprio escritor. A música é de Luís Gil Bettencourt, a coordenação técnica de António Fonseca Tavares e a locução de continuidade de Catarina Ferreira de Almeida.»

    -> Para mais informações sobre Meridiano 28 ou sobre o percurso do autor, consulte o site oficial em www.joelneto.com.

  • José Filemom Marques descobre, enfim, o diário de Hansi Abke. E os relatos que encontra no seu interior desencadeiam nele uma vertigem para cujas consequências ainda não poderá saber se estará preparado...

    Narração: Joel Neto
    Apoio: Cultura Editora
    Música: Luís Gil Bettencourt
    Coordenação técnica: António Fonseca Tavares
    Locução de continuidade: Catarina Ferreira de Almeida

    MERIDIANO 28: O PODER REDENTOR DAS GRANDES HISTÓRIAS

    * A audição deste podcast proporciona-lhe um desconto de 20% em qualquer livro com chancela Cultura Editora. Vá a www.culturaeditora.pt e digite o código promocional Meridiano28

    «Nos 75 anos da libertação da Europa e do fim da II Guerra Mundial, Joel Neto oferece aos leitores a leitura integral de Meridiano 28, a história da pequena cidade no meio do Atlântico onde ingleses e alemães viveram em paz até quase ao fim da guerra.
    Mas, e se um agente nazi se escondesse nessa ilha após a derrota de Hitler?
    Um capítulo por semana, num podcast de acesso livre e com narração do próprio escritor. A música é de Luís Gil Bettencourt, a coordenação técnica de António Fonseca Tavares e a locução de continuidade de Catarina Ferreira de Almeida.»

    -> Para mais informações sobre Meridiano 28 ou sobre o percurso do autor, consulte o site oficial em www.joelneto.com.

  • José Filemom Marques regressa finalmente à casa herdada de Hansi Abke, o tio falecido mês e meio antes, e onde ele próprio vivera antes de se emancipar. Durante toda a sua juventude, os dois tinham coabitado como estranhos. E, no entanto, estar ali não deixou de provocar-lhe uma inesperada nostalgia, como se os tivesse unido afinal mais do que a triste condição dos homens que nunca existiram.
    Sentou-se sobre a cama ainda desfeita, a aspirar o que restava de cheiros familiares, e imaginou o tio à janela, contemplando o rio e a solidão. Levantou-se para procurar os discos que quase ouviam juntos e separou todos os de Duke Ellington que encontrou. Até que, por entre a roupa mal dobrada ao fundo do guarda-fatos, detectou uma caixa com fotografias assustadoras e majestosas de um vulcão em actividade.
    E, quando olhou melhor, havia outra caixa ainda, uma caixa que na verdade lhe pertencera, envelhecida por vinte anos de abandono: a caixa que C. Devon Fitzhugh lhe fizera chegar a Lisboa vinte anos antes, e que Hansi lhe levara do pequeno apartamento de Campo de Ourique...

    Narração: Joel Neto
    Apoio: Cultura Editora
    Música: Luís Gil Bettencourt
    Coordenação técnica: António Fonseca Tavares
    Locução de continuidade: Catarina Ferreira de Almeida

    MERIDIANO 28: O PODER REDENTOR DAS GRANDES HISTÓRIAS

    * A audição deste podcast proporciona-lhe um desconto de 20% em qualquer livro com chancela Cultura Editora. Vá a www.culturaeditora.pt e digite o código promocional Meridiano28

    «Nos 75 anos da libertação da Europa e do fim da II Guerra Mundial, Joel Neto oferece aos leitores a leitura integral de Meridiano 28, a história da pequena cidade no meio do Atlântico onde ingleses e alemães viveram em paz até quase ao fim da guerra.
    Mas, e se um agente nazi se escondesse nessa ilha após a derrota de Hitler?
    Um capítulo por semana, num podcast de acesso livre e com narração do próprio escritor. A música é de Luís Gil Bettencourt, a coordenação técnica de António Fonseca Tavares e a locução de continuidade de Catarina Ferreira de Almeida.»

    -> Para mais informações sobre Meridiano 28 ou sobre o percurso do autor, consulte o site oficial em www.joelneto.com.

  • José Filemom Marques reencontra Alice, um amor platónico dos anos venturosos em que chegou à idade adulta. Talvez já não tivesse a silhueta de outros tempos, aquele ar frágil e ligeiramente inadequado que a fazia pairar sobre o mundo. E, porém, conservava o rosto de anjo, sardas microscópicas enxameando à volta do nariz perfeito, a delicada cabeleira amendoada de um Tadzio.
    Ao fundo, Miss Fitzgerald continua a cantar:

    «No, sophisticated lady, I know
    you miss the love you lost long ago
    and when nobody is nigh you cry (…)»

    Um episódio especial, com convidados especiais também...

    Narração: Joel Neto
    Apoio: Cultura Editora
    Música: Luís Gil Bettencourt
    Coordenação técnica: António Fonseca Tavares
    Locução de continuidade: Catarina Ferreira de Almeida

    MERIDIANO 28: O PODER REDENTOR DAS GRANDES HISTÓRIAS

    * A audição deste podcast proporciona-lhe um desconto de 20% em qualquer livro com chancela Cultura Editora. Vá a www.culturaeditora.pt e digite o código promocional Meridiano28

    «Nos 75 anos da libertação da Europa e do fim da II Guerra Mundial, Joel Neto oferece aos leitores a leitura integral de Meridiano 28, a história da pequena cidade no meio do Atlântico onde ingleses e alemães viveram em paz até quase ao fim da guerra.
    Mas, e se um agente nazi se escondesse nessa ilha após a derrota de Hitler?
    Um capítulo por semana, num podcast de acesso livre e com narração do próprio escritor. A música é de Luís Gil Bettencourt, a coordenação técnica de António Fonseca Tavares e a locução de continuidade de Catarina Ferreira de Almeida.»

    -> Para mais informações sobre Meridiano 28 ou sobre o percurso do autor, consulte o site oficial em www.joelneto.com.

  • José Filemom Marques sabe que vai acabar por abrir o pequeno maço de papel que Morgan Freeman – aliás, Johnson – lhe deixou na oficina de informática. Mas vai-se demorando a fazê-lo, hesitante com o que ele possa conter, até que o pacotinho começa a tornar-se como que uma presença humana nas suas noites infinitas.
    Estava precisado de um amigo, talvez. Se tivesse um amigo, poderia dizer-lhe que não era por ser sobrinho de um alemão que seria alemão também – limitara-se a herdar o nome dele, ademais por interposta pessoa. Mas, ao lembrar-se de Hansi Abke e da caixa que este levara daquela mesma casa, mais de vinte anos antes, sem sequer o deixar saber do respectivo conteúdo, tornava a hesitar.
    Tentou trabalhar no portal de citações, deixou-se perder em sites de teorias conspirativas, cruzou-se com notícias sobre submarinos alemães afundados nos Açores durante a II Guerra Mundial, e entretanto descobertos. Foi então que recebeu um inesperado telefonema. Do outro lado, ouviu uma voz de mulher. Não a escutava há quase duas décadas, mas, mesmo assim, reconheceu-a de imediato...

  • José Filemom Marques passa o resto da semana a conhecer Manhattan, reencontrando os lugares por onde se passeiam as personagens nascidas nos romances que alimentam o seu site de citações. Escrever o livro que C. Devon Fitzhugh, Esq. lhe propôs está fora de questão, mas talvez o seu tempo em Nova Iorque não tenha de ser totalmente desperdiçado.
    Regressado a Lisboa, deixa estar sobre a mesinha da sala a caixa que o dândi do Lloyd Harbor lhe fez chegar a casa durante a sua ausência. Mas a dúvida sobre o conteúdo desta não o abandona e, ao fim de algum tempo, Filemom decide convidar Hansi Abke a visitá-lo no pequeno apartamento de Campo de Ourique, de modo a que possam abrir a caixa juntos.
    O que a malfadada noite revela é menos os objectos enviados por Fitzhugh do que as contas que tio e sobrinho mantêm por ajustar. Os efeitos do encontro durarão para sempre, e, até ao fim da vida de Hansi, nunca mais este e Filemom haverão de falar um ao outro.
    O cheque do magnata americano, esse, terá o mais humilhante dos destinos...

    Narração: Joel Neto
    Apoio: Cultura Editora
    Música: Luís Gil Bettencourt
    Coordenação técnica: António Fonseca Tavares
    Locução de continuidade: Catarina Ferreira de Almeida

    MERIDIANO 28: O PODER REDENTOR DAS GRANDES HISTÓRIAS

    * A audição deste podcast proporciona-lhe um desconto de 20% em qualquer livro com chancela Cultura Editora. Vá a www.culturaeditora.pt e digite o código promocional Meridiano28

    «Nos 75 anos da libertação da Europa e do fim da II Guerra Mundial, Joel Neto oferece aos leitores a leitura integral de Meridiano 28, a história da pequena cidade no meio do Atlântico onde ingleses e alemães viveram em paz até quase ao fim da guerra.
    Mas, e se um agente nazi se escondesse nessa ilha após a derrota de Hitler?
    Um capítulo por semana, num podcast de acesso livre e com narração do próprio escritor. A música é de Luís Gil Bettencourt, a coordenação técnica de António Fonseca Tavares e a locução de continuidade de Catarina Ferreira de Almeida.»

    -> Para mais informações sobre Meridiano 28 ou sobre o percurso do autor, consulte o site oficial em www.joelneto.com.

  • José Filemom Marques não tem a certeza sobre se estará a conseguir disfarçar devidamente o fascínio que lhe provoca a figura de C. Devon Fitzhugh, Esq., mas agora preocupa-o outra coisa: o livro que aquele homem lhe propõe escrever e – mais ainda – as razões por que o faz. Nada no discurso do velho dândi parece fazer total sentido.
    E, no entanto, lentamente, vão-se revelando as suas intenções. Um livro sobre um caçador de nazis. Que operou na cidade a meio do Atlântico onde, inusitadamente, ingleses e alemães viveram não apenas em paz, mas em harmonia – até em folia – ao longo da Guerra. A cidade situada na ilha onde José Filemom nasceu antes de se mudar para Porto Alegre, criança ainda, na companhia da mãe.
    Mas, ainda assim, porquê ele a escrever esse livro. Ele, um informático, que nunca escreveu um parágrafo, que tem um site de citações como talvez pudesse ter um site de outra coisa qualquer? A explicação é a mais inesperada. Ou sabê-la-ia já ele, no seu íntimo?

    Narração: Joel Neto
    Apoio: Cultura Editora
    Música: Luís Gil Bettencourt
    Coordenação técnica: António Fonseca Tavares
    Locução de continuidade: Catarina Ferreira de Almeida

    MERIDIANO 28: O PODER REDENTOR DAS GRANDES HISTÓRIAS

    * A audição deste podcast proporciona-lhe um desconto de 20% em qualquer livro com chancela Cultura Editora. Vá a www.culturaeditora.pt e digite o código promocional Meridiano28

    «Nos 75 anos da libertação da Europa e do fim da II Guerra Mundial, Joel Neto oferece aos leitores a leitura integral de Meridiano 28, a história da pequena cidade no meio do Atlântico onde ingleses e alemães viveram em paz até quase ao fim da guerra.
    Mas, e se um agente nazi se escondesse nessa ilha após a derrota de Hitler?
    Um capítulo por semana, num podcast de acesso livre e com narração do próprio escritor. A música é de Luís Gil Bettencourt, a coordenação técnica de António Fonseca Tavares e a locução de continuidade de Catarina Ferreira de Almeida.»

  • José Filemom Marques é recolhido pela manhã no hotel decrépito do Irving Place, onde o velho porteiro irlandês (ou talvez devesse chamar-lhe espião) lhe anuncia a chegada do automóvel de C. Devon Fitzhugh, Esq. Entra no sedan impecavelmente conservado, cuja porta de trás já se encontra aberta, e demora até conseguir encontrar no retrovisor o rosto do chauffeur. Sobre o volante, dentro de um par de luvas brancas, movem-se as mãos colossais de um basquetebolista.
    O automóvel atravessa os bairros de Nova Iorque em direcção a Long Island, fazendo desfilar pelas janelas lugares que lhe invocam memórias da literatura e do cinema, até se deter frente a uma mansão de tijolo vermelho que a vinha virgem cobriu até às chaminés. Lá dentro espera-o um homem alto e teatral, com a elegância de um manequim idoso, e que o encaminha para uma conversa numa sumptuosa biblioteca repleta de livros impecavelmente encadernados, todos em edições antigas e muitos, provavelmente, em edições originais.
    E é aí que C. Devon Fitzhugh lhe faz a mais inesperada das propostas: escrever um livro – um livro sobre a mais inesperada das personagens...

    Narração: Joel Neto
    Apoio: Cultura Editora
    Música: Luís Gil Bettencourt
    Coordenação técnica: António Fonseca Tavares
    Locução de continuidade: Catarina Ferreira de Almeida

    MERIDIANO 28: O PODER REDENTOR DAS GRANDES HISTÓRIAS

    * A audição deste podcast proporciona-lhe um desconto de 20% em qualquer livro com chancela Cultura Editora. Vá a www.culturaeditora.pt e digite o código promocional Meridiano28

    «Nos 75 anos da libertação da Europa e do fim da II Guerra Mundial, Joel Neto oferece aos leitores a leitura integral de Meridiano 28, a história da pequena cidade no meio do Atlântico onde ingleses e alemães viveram em paz até quase ao fim da guerra.
    Mas, e se um agente nazi se escondesse nessa ilha após a derrota de Hitler?
    Um capítulo por semana, num podcast de acesso livre e com narração do próprio escritor. A música é de Luís Gil Bettencourt, a coordenação técnica de António Fonseca Tavares e a locução de continuidade de Catarina Ferreira de Almeida.»

    -> Para mais informações sobre Meridiano 28 ou sobre o percurso do autor, consulte o site oficial em www.joelneto.com.

  • José Filemom Marques recorda a estranha carta recebida mais de vinte anos antes de um certo C. Devon Fitzhugh, Esq., a cuja caligrafia angulosa, inscrita sobre uma elegante folha de papel de tonalidade isabelina, não resistira. Convidava-o a visitar Nova Iorque, para algum tipo de reunião de cujos contornos naquele momento não poderia ter ideia, e incluía bilhete de passagem, comprovativo de reserva em hotel e dinheiro para demais despesas.
    Estava então numa boa fase da relação com Hansi Abke, o tio que desde a adolescência o albergava em Lisboa, após a infância no Brasil. Mas seria precisamente a resistência do velho em que correspondesse ao misterioso convite a servir de derradeiro argumento em favor da viagem.
    Chegado a Nova Iorque, Filemom instala-se num pequeno hotel nos limites da Avenida Lexington, do lado onde esta ainda se chama Irving Place. O porteiro de libré ajudava a reforçar a decrepitude da atmosfera, e tanto a rapariga da recepção como o empregado do bar o faziam sentir-se como que observado.
    E assim começava a sua aventura nova-iorquina: à espera de um certo Johnson, a quem na manhã seguinte cabia levá-lo a visitar C. Devon Fitzhugh, Esq. – quem quer que fosse esse homem...

    Narração: Joel Neto
    Apoio: Cultura Editora
    Música: Luís Gil Bettencourt
    Coordenação técnica: António Fonseca Tavares
    Locução de continuidade: Catarina Ferreira de Almeida

    MERIDIANO 28: O PODER REDENTOR DAS GRANDES HISTÓRIAS

    * A audição deste podcast proporciona-lhe um desconto de 20% em qualquer livro com chancela Cultura Editora. Vá a www.culturaeditora.pt e digite o código promocional Meridiano28

    «Nos 75 anos da libertação da Europa e do fim da II Guerra Mundial, Joel Neto oferece aos leitores a leitura integral de Meridiano 28, a história da pequena cidade no meio do Atlântico onde ingleses e alemães viveram em paz até quase ao fim da guerra.
    Mas, e se um agente nazi se escondesse nessa ilha após a derrota de Hitler?
    Um capítulo por semana, num podcast de acesso livre e com narração do próprio escritor. A música é de Luís Gil Bettencourt, a coordenação técnica de António Fonseca Tavares e a locução de continuidade de Catarina Ferreira de Almeida.»

    -> Para mais informações sobre Meridiano 28 ou sobre o percurso do autor, consulte o site oficial em www.joelneto.com.

  • Na cave de um prédio de Lisboa, onde mantém um modesto negócio de reparação de aparelhos de informática que o tempo tornou obsoletos, José Filemom Marques, fundador de um portal de citações literárias, recebe a inesperada visita de um homem que lhe faz lembrar Morgan Freeman. O estranho dirige-se-lhe primeiro em inglês, com um sotaque urbano sob o qual se disfarça um quase imperceptível deslizamento de vogais, como o dos velhos apanhadores de algodão dos estados confederados, e depois num português quase queirosiano. Fala-lhe de uma misteriosa proposta que José Filemom terá recebido no passado e também de Hansi Abke, o tio que este levou a cremar menos de vinte e quatro horas antes. O anfitrião escorraça-o sem piedade, atirando contra a porta que Morgan Freeman fechava atrás de si o embrulho de papel pardo que ele lhe deixara sobre o balcão. E, no entanto, sabe quem é aquele homem, onde e quando o conheceu, e, assim que o silêncio volta a instalar-se na pequena oficina, sente pela primeira vez uma melancolia pela morte de Hansi, que, para todos os efeitos, constituíra até poucos dias antes o seu último familiar vivo...

    Narração: Joel Neto
    Apoio: Cultura Editora
    Música: Luís Gil Bettencourt
    Coordenação técnica: António Fonseca Tavares
    Locução de continuidade: Catarina Ferreira de Almeida


    MERIDIANO 28: O PODER REDENTOR DAS GRANDES HISTÓRIAS

    * A audição deste podcast proporciona-lhe um desconto de 20% em qualquer livro com chancela Cultura Editora. Vá a www.culturaeditora.pt e digite o código promocional Meridiano28

    «Nos 75 anos da libertação da Europa e do fim da II Guerra Mundial, Joel Neto oferece aos leitores a leitura integral de Meridiano 28, a história da pequena cidade no meio do Atlântico onde ingleses e alemães viveram em paz até quase ao fim da guerra.
    Mas, e se um agente nazi se escondesse nessa ilha após a derrota de Hitler?
    Um capítulo por semana, num podcast de acesso livre e com narração do próprio escritor. A música é de Luís Gil Bettencourt, a coordenação técnica de António Fonseca Tavares e a locução de continuidade de Catarina Ferreira de Almeida.»

    -> Para mais informações sobre Meridiano 28 ou sobre o percurso do autor, consulte o site oficial em www.joelneto.com.

  • MERIDIANO 28: O PODER REDENTOR DAS GRANDES HISTÓRIAS

    «Nos 75 anos da libertação da Europa e do fim da II Guerra Mundial, Joel Neto oferece aos leitores a leitura integral de Meridiano 28, a história da pequena cidade no meio do Atlântico onde ingleses e alemães viveram em paz até quase ao fim da guerra.
    Mas, e se um agente nazi se escondesse nessa ilha após a derrota de Hitler?
    Um capítulo por semana, num podcast de acesso livre e com narração do próprio escritor. A música é de Luís Gil Bettencourt, a coordenação técnica de António Fonseca Tavares e a locução de continuidade de Catarina Ferreira de Almeida.»

    * A audição deste podcast proporciona-lhe um desconto de 20% em qualquer livro com chancela Cultura Editora. Vá a www.culturaeditora.pt e digite o código Meridiano28.

    Narração: Joel Neto
    Apoio: Cultura Editora
    Música: Luís Gil Bettencourt
    Coordenação técnica: António Fonseca Tavares
    Locução de continuidade: Catarina Ferreira de Almeida

    -> Para mais informações sobre Meridiano 28 ou sobre o percurso do autor, consulte o site oficial em www.joelneto.com